VOLTAR
Maverick

Maverick

  •  The Unit
  •  ATAQUE
    • BLINDAGEM 
    • VELOCIDADE 
  • Maverick se alistou no exército americano e mais tarde tornou-se Oficial de Inteligência, servindo em Cabul. Ele se juntou à Unidade e permaneceu no país para rastrear inimigos e coletar informações através da criação de redes de aliados e construção de esconderijos.

HABILIDADES ÚNICAS

MAÇARICO EXOTÉRMICO-S “SURI” O maçarico do Maverick pode penetrar qualquer superfície, inclusive paredes reforçadas e alçapões. É necessário ter uma mão firme e conhecer o ambiente para conseguir criar pequenos buracos e linhas de visão. Maverick precisa estar próximo para usar seu equipamento na superfície desejada. Este maçarico quase não faz barulho, mas fica sem combustível rapidamente. Entretanto, a alta precisão deste dispositivo o torna uma ferramenta bastante criativa e prática, e sem depender de tecnologia digital. Usar o maçarico Exotérmico-S pode ser arriscado, mas a equipe pode conseguir altas recompensas se utilizá-lo de maneira eficiente e habilidosa.

EQUIPAMENTOS

ARMAS PRINCIPAIS

  • AR-15.50
  • M4

ARMAS SECUNDÁRIAS

  • 1911 TACOPS

DISPOSITIVOS

  • Granada de Fumaça
  • Claymore

BIOGRAFIA

  • NOME: Erik Thorn
  • DATA DE NASCIMENTO: 20 DE ABRIL - (IDADE: 36)
  • LOCAL DE NASCIMENTO: Boston, Massachusetts
“O diabo mora nos detalhes… é lá que irá me encontrar.”

Histórico
Natural de Boston, Erik Thorn veio de um lar multilíngue e faz parte dos 2% de pessoas mais inteligentes. Após o colégio, ele se alistou no exército americano e subiu de posição em pouco tempo. Ele aprendeu dari e se tornou um Oficial de Inteligência, servindo em Cabul ao mesmo tempo em que repórteres estrangeiros, aventureiros e criminosos chegavam em bandos à cidade. Thorn era conhecido no circuito underground de casas noturnas, e até mesmo entre moradores locais, como um talentoso jogador de buzkashi.

Thorn foi convidado pela Unidade para ser seu especialista regional. Após o recrutamento, ele continuou no país coletando informação, construindo redes de aliados e esconderijos e rastreando inimigos. Como a situação em Cabul estava piorando, Thorn começou a monitorar os americanos, resgatando-os quando necessário, e ajudando os moradores locais a escapar da violência. Ele estava investigando o desaparecimento de um repórter quando a Unidade perdeu o contato com ele. Após dois anos de silêncio, ele ressurgiu com informação suficiente para desmantelar uma grande operação de rebelião. Ainda haviam perguntas sobre seu desaparecimento, mas ele foi exonerado e seu testemunho foi selado. Suas missões bem-sucedidas, junto com sua experiência, chamaram a atenção do Six.

Relatório Psicológico
Eu conhecia o Especialista Erick “Maverick” Thorn bem antes do seu desaparecimento. Ele era uma lenda entre os Coletores da Inteligência por ser o fantasma que “desapareceu”. Ele é muitas vezes difícil de conversar, pois é muito inteligente e consegue enxergar através dos outros muito intensamente, mas pergunte a ele sobre Cabul ou buzkashi e ele mal consegue esconder sua empolgação. […]

Eu nunca vi homens velhos vendendo seus serviços nas esquinas para escrever cartas de amor antes, então não é surpresa que ele tenha se interessado pelo Afeganistão ... É uma cultura fascinante. Quando os estrangeiros começaram a se divertir nas casas noturnas underground e beber em restaurantes, o Especialista Thorn sabia que a “Cabolha” ia estourar forte, e que os ocidentais se tornariam alvos fáceis. Ele previu o que iria acontecer antes de qualquer um. […]

Desde pequeno o Especialista Thorn teve que lidar com uma quantidade quase insuportável de entrada sensorial que teria tornado a maioria das crianças fechadas. Ao invés disso, ele compartimentalizou e desconstruiu tudo ao seu redor para que pudesse funcionar. É uma das razões pelas quais acho que ele internaliza suas emoções. […] Seus pais eram amorosos, porém rígidos — mal deixavam ele andar pelo próprio bairro. Foi o que o motivou a entrar para o exército, vivenciar um mundo que ele só podia sonhar. Não surpreende que Cabul tenha deixado uma marca tão profunda nele. Acho que ele só se libertou de sua casca quando começou a viajar e, ainda hoje, sua mente está conosco, mas seu coração está em Cabul. […]

O Especialista Thorn demonstra uma impressionante empatia decorrente de sua habilidade de observar, escutar e analisar. As pessoas confiam nele e é por isso que ele sobreviveu em Cabul como uma mosca na parede. […] Ainda estou analisando os interrogatórios em relação ao seu desaparecimento. Parece um suspense assustador, mas as cicatrizes que vieram com suas experiências só serviram para o deixar ainda mais ligado ao Afeganistão. Acho que sua tatuagem é uma lembrança daquela vida.

TRAILER DO AGENTE