[2018-02-01] Play-offs in the Six Invitational qualifiers are about to kick off!_Header

SIX INVITATIONAL: APRESENTAÇÃO DO GRUPO B

06/02/2018 12:00

Está na hora de dar uma olhada no nosso segundo grupo — Grupo B — e descobrir como cada equipe conseguiu chegar ao Invitational.


Team Liquid (América Latina):

Apesar de a Team Liquid ter adquirido o pessoal da MOPA há apenas duas semanas, esses superstars brasileiros já são bem conhecidos na cena competitiva. A equipe — composta por neskwga, ziG, yuuk, Bullet1 e xS3xycake — já mostrou estilo logo na primeira temporada deles na Pro League (A2T1), ficando em segundo nas finais da LAN, perdendo para PENTA Sports. O sucesso deles continuou na A2T2 e conseguiram disputar mais uma semifinal na LAN, mas perderam para a norte-americana Elevate. Ficaram de fora da LAN da A2T3, mas já estão de volta ao Six Invitational para mostrar ao mundo que merecem o topo.

Com o reforço da aquisição pela Team Liquid, os jogadores não querem mostrar apenas seus valores individuais, mas que são o time a ser batido no Grupo B.


Rogue (América do Norte):

Assim como a Team Liquid, a Rogue também passou por maus bocados recentemente ao enfrentar os adversários da sua região. O time — formado por Ecl9pse, Avian, Slashug, Easilyy e Bryan — conseguiu chegar à LAN na A2T3 e garantir uma vaga no Canadá pelas eliminatórias abertas online. No entanto, ano passado, sob a bandeira eRa, jogaram muito bem e só perderam por pouco nas finais do Invitational inaugural contra a Continuum (agora Evil Geniuses).

No Ano 2, Rogue classificou-se para duas finais em LAN. Na Temporada 1, foram mandados de volta para casa nas quartas de final pela V3 Masters, da América Latina, e na Temporada 2 acabaram repetindo o resultado, dessa vez com o pessoal da Team Liquid. Desde então, Yung voltou para a Evil Geniuses e KingGeorge infelizmente teve que retroceder no seu caminho como jogador profissional. Isso abriu as portas para a entrada de Bryan e, mais recentemente, Easilyy na equipe.

Na América do Norte, a Rogue sempre foi considerada uma equipe forte e bastante apoiada por fãs. A equipe já mostrou que merece estar no topo terminando em segundo na América do Norte nas temporadas 1 e 2 do A2 e ficando em terceiro/quarto na temporada 3. Por isso, conquistaram um convite para o Invitational.


Mindfreak (Ásia-Pacífico):

A equipe australiana Mindfreak surgiu como vitoriosa em uma competição dura nas eliminatórias da LAN Ásia-Pacífico. Já conhecem bem o Invitational; competiram ano passado no Xbox. Este ano estão de volta no PC, com Acez sendo o único jogador remanescente do time original.

Acez e seus parceiros de equipe — Lusty, RizRaz, Magnet e Kngz — lutaram pelo time como gigantes nos momentos em que a qualificação estava em risco. Durante o evento LAN de Sydney, Mindfreak jogou contra a Team CryptiK na primeira série. Depois com a equipe coreana mantisFPS. No último mapa, quando estavam perdendo de 4 a 3, Lusty levou o time sozinho no último segundo num clutch de 1v3 e conseguiu garantir a prorrogação; e então venceram.

Na grande final, Mindfreak caiu contra CryptiK de novo. Nessa ocasião, começaram mal, perdendo no primeiro mapa, mas voltaram fortes e ganharam de 5 a 0 no segundo. Com tudo igual, o desempate seria feito no mapa Kafe, para ver quem iria ao Invitational. Ambos os times mostraram ótimo desempenho, mas Mindfreak se saiu melhor garantindo uma vitória por 5 a 3.


Room Factory (Europa):

Uma equipe russa formada pelos jogadores Shockwave, ShepparD, JoyStiCK, REDGROOVE e PWN3F. A classificação para o Invitational faz da Room Factory a primeira equipe russa a participar de um evento LAN internacional de Rainbow Six Siege.

Depois de terminar em primeiro na Challenger League da A2T3, a equipe não conseguiu subir para a Pro League. Recusando-se a desistir, o time fez mais um grande esforço e ficou em terceiro no Open Ladder da Europa.

Na fase de mata-mata, eliminou a Team Requiem nas “quartas de final” e então seguiu para a “semifinal". Nessa etapa, enfrentou a equipe sO-On, conhecida da Challenger League. Room Factory mostrou determinação: venceu por 2 – 0 e seguiu para a "final" melhor-de-cinco (Bo5). Contra eles estava a 15ª equipe cabeça-de-chave, a polonesa Patokalipsa, um time que ninguém esperava ver na final. A Room Factory mostrou superioridade e venceu por 3 – 1.

Certamente, os integrantes da Room Factory vão tentar hastear a bandeira da Rússia no Canadá; e mesmo não estando na Pro League, é um time que não pode ser subestimado.


Para conferir as últimas notícias sobre e-sports do Rainbow Six, por favor, visite a página do Twitter ou do Subreddit.

Recomendado

BlitzUrban_SATUrban_960x540

Novos pacotes chegando ao Rainbow Six Siege - 19 de fevereiro de 2018

PACOTE SATÉLITE e PACOTE DISTRITO DO BLITZ estão echegando ao Rainbow Six Siege esta semana!

19/02/201912:00 PM

Leia mais

[2019-02-17] Operation Burnt Horizon Operator and Map Guide

Operation Burnt Horizon Operator and Map Guide

Get details on the two new Operators—Gridlock and Mozzie—and their gadgets, and learn about the new map—Outback—coming in the Australian season.

17/02/201912:00 PM

Leia mais

[2019-02-17] Universe - Harry - Header

O novo “Six” — Harishva “Harry” Pandey

Encontrar um substituto para “Six” era difícil, mas ela estivera orientando a escolha perfeita o tempo todo — seu conselheiro de longa data Harishva “Harry” Pandey.

17/02/201911:37 AM

Leia mais